Uma realização da empresa Artpalco Produções, de Araguaína, “Esperando o Silêncio” conquista a 1ª colocação para produção de longa-metragem no edital da Lei Paulo Gustavo

Uma realização da empresa Artpalco Produções, de Araguaína, “Esperando o Silêncio” conquista a 1ª colocação para produção de longa-metragem no edital da Lei Paulo Gustavo

Compartilhe

Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp
Email
Cinthia Abreu

Com o projeto de “Esperando o Silêncio”, a empresa Artpalco Produções Artísticas e Cinematográficas conquistou a primeira colocação na categoria de longa-metragem, do edital de Audiovisual da Lei Paulo Gustavo (LPG), do Governo do Estado do Tocantins. Trata-se da maior premiação da história do Tocantins em patrocínio a projetos audiovisuais, via concorrência de chamamento público.

De acordo com o produtor George Henrique, a classificação é resultado de um esforço integrado de equipes que já possuem uma longa trajetória na cultura. “A nossa história é marcada por uma série de projetos, nas mais diversas modalidades artísticas, e ser contemplado com mais essa atividade no Audiovisual vem coroar tudo que trilhamos nesses mais de 20 anos de história”, celebra o artista.

Ele adianta que “Esperando o Silêncio” é uma produção de ficção que mergulhará na riqueza do circo e da cultura cigana. “Será um testemunho poderoso do espaço que a arte ocupa em todas as esferas da sociedade. Tocantins será palco de uma narrativa deslumbrante que honra suas raízes e promete encantar o Brasil e o mundo”, ressalta.

A iniciativa surgiu após George Henrique ler o livro homônimo do escritor Luciano Santiago e projetar a transformação da obra literária em filme. A partir de então, o produtor iniciou tratativas para a produção do Roteiro e finalizou-o em parceria com o escritor da obra. “Assim como o livro, Esperando o Silêncio é uma ode à diversidade, à arte e à resiliência”, adianta o produtor e roteirista.

O elenco contará com a participação de artistas consagrados e tocantinenses. Além deles, também integram a equipe mais de 80% de profissionais locais, sendo atrizes, atores, bailarinos, artistas circenses e equipe técnica. Assinam a Direção e Co direção, Santiago e o cineasta Nival Correia. “Esperando o Silêncio” promete levar os espectadores a uma jornada emocionante, onde a magia do circo se entrelaça com os segredos do passado e do presente”, complementa Santiago.

Cronograma

A pré-produção do projeto audiovisual já se iniciou  e a expectativa é de que as gravações comecem em breve.

Projeto

Uma realização da Artpalco Produções Artísticas e Cinematográficas, o longa-metragem “Esperando o Silêncio” tem patrocínio da Lei Paulo Gustavo (LPG), via Secretaria Estadual de Cultura.

Hayla

Hayla

Comente

Relacionadas

Outras postagens