Choros de Luiz Gonzaga: Mais de 400 pessoas prestigiam concertos didáticos em espaços públicos da Capital

Choros de Luiz Gonzaga: Mais de 400 pessoas prestigiam concertos didáticos em espaços públicos da Capital

Compartilhe

Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp
Email
Cinthia Abreu

O projeto “Choros de Luiz Gonzaga” encantou estudantes e moradores das regiões periféricas de Palmas com um concerto emocionante, levando música e cultura para além dos limites convencionais. O evento foi realizado em três edições com concertos gratuitos que percorreram escolas públicas e áreas de periferia, proporcionando acesso à Música Popular Brasileira e a valorização da cultura. O público total do projeto foi de 470 pessoas, principalmente adolescentes e jovens.

O repertório do concerto foi uma homenagem ao mestre Luiz Gonzaga, ícone da música nordestina, apresentando uma versão ainda pouco conhecida do Rei do Baião. As apresentações aconteceram na Pracinha da Cultura no Morada do Sol, na Escola Almirante Tamandaré e no Colégio Padre Josimo, respectivamente, nos dias 17, 23 e 26 de Abril.

Para a moradora do bairro Morada do Sol, Iranides Chaves, os músicos cativaram o público com arranjos envolventes e interpretações emocionantes, resgatando a essência cultural e a riqueza sonora desses estilos musicais. “Foi uma experiência incrível poder assistir a esse concerto tão perto de casa. A música é uma forma de expressão que une as pessoas, e ver músicos tão talentosos se apresentando aqui na nossa comunidade foi emocionante. Nunca tinha visto nada parecido”, destacou.

A diretora da Escola de Tempo Integral Colégio Almirante Tamandaré, Idelma Pereia, considerou o projeto essencial para a formação cultural de novas gerações. “É uma iniciativa maravilhosa que, além de proporcionar acesso à cultura, valoriza a nossa música brasileira e enriquece a formação dos nossos jovens. Parabéns aos organizadores”, afirmou.

Para o idealizador do projeto, o músico Iogo Landinho, o sucesso do “Choros de Luiz Gonzaga” demonstra a importância de iniciativas culturais que promovem a democratização do acesso à arte e valorizam a identidade cultural brasileira. “Acredito que novas edições virão para que possamos beneficiar outras regiões da nossa cidade e público para que possamos reafirmar o nosso compromisso em continuar promovendo eventos que enriqueçam a vida cultural da comunidade”, concluiu o artista.

Equipe

Sob a direção do músico Iogo Landinho, que também atuou como guitarrista, o concerto foi apresentado pelos músicos Bruno Barreto (saxofone tenor), Wallas Alencar (flauta transversal) e Matheus Les (pandeiro). Para apresentar ao público das diferentes regiões de Palmas uma jornada através das melodias imortais de Gonzagão, o quarteto interpretou as canções 13 de Dezembro, Sabido, Catamilho na Festa, Xodó, Luar do Nordeste, Numa Serenata, Araponga e Sanfonando.

Todas as apresentações tiveram a entrada franca e contam ainda com medidas de acessibilidade, como audiodescrição na narração de cenário, apresentação e integrantes, na locução de abertura, intérprete de Libras e espaços das apresentações adequados para pessoas com deficiência física.

Projeto

Idealizado e proposto pelo músico e professor Iogo Landinho, o projeto “Choros de Luiz Gonzaga” foi contemplado pelo edital 019/2023 – Artes Tocantins pela Lei Paulo Gustavo (LPG), via Ministério da Cultura (MinC) e Secretaria Estadual de Cultura (Secult).

Ficha Técnica

Guitarra acústica, produtor musical e coordenação geral: Iogo Landinho

Assessoria de Comunicação: Cinthia Abreu

Arranjos e saxofone tenor: Bruno Barreto

Produtor executivo e flautista: Wallas Alencar

Pandeiro: Matheus Les

Técnico de Som: Daniel Mangaba

Fotografia e Vídeos: Marcelo Les

Intérprete de Libras: Thallyta Teixeira

Cerimonialista e Designer Gráfico: Geyslany Ribeiro

Crédito das fotos: Marcelo Les/ Divulgação
Hayla

Hayla

Comente

Relacionadas

Outras postagens