Search
quinta-feira 18 julho 2019
  • :
  • :

Circo e conexão musical no 5º dia do Sesc Amazônia das Artes

O Sesc Amazônia das Artes – ‘O Canto Harmônico das Artes’ tem palhaçada? Tem, sim senhor! O quinto dia terá circo em dose dupla com “Tempo de Brincar”, com a Trupe Açu (TO) às 16h do dia 10 de maio, na lanchonete do Centro de Atividades que fica na 502 Norte. A classificação é livre e a entrada é gratuita. E “Boxe com Palhaçada”, com o Grupo Compalhaçada (AM), às 20h no Teatro Sesc Palmas na mesma unidade.

Tempo de Brincar – Sinopse

O Espetáculo “Tempo de Brincar” possibilita o resgate de valores sociais essenciais, é uma forma de comunicação entre as gerações, um instrumento de aprendizagem e de valorização do patrimônio lúdico-cultural em diferentes contextos. A valorização dos antepassados, a aceitação de suas crenças e rituais, assim como a apropriação de seus costumes, são importantes para compreendermos de onde viemos, quais princípios e conceitos estiveram presentes na construção de nossa história cultural e familiar. Assim como o circo, também as brincadeiras, os objetos que utilizavam para construir brinquedos e as canções folclóricas de cada povo, de cada localidade, de cada família, são peças de um quebra-cabeça que é montado através de pequenos flashes de nossa infância.

A ficha técnica conta com as palhaças Tapioca e Girassol; a direção e o figurino de Ester Monteiro; a orientação palhacística de Karla Concá; e o cenário de Jose Salu.

Boxe com Palhaçada – Sinopse

O espetáculo ‘Boxe com Palhaçada’ foi inspirado em uma esquete de mímica do grupo Espanhol El Tricicolo. Na versão Compalhaçada, os personagens Debiloide e Meio Fino, vividos pelos atores Idelson Mouta e Jean Linhares, respectivamente, lutam pelo coração da palhacinha Cafuxa, interpretada pela atriz Ariane Feitoza, em uma luta de boxe recheada de improvisos com a possibilidades de expressões sociais e políticas da atualidade, fazendo o público participar das ações.

A ficha técnica conta com: Ariane Feitoza, Idelson Mouta e Jean Linhares – atores; e Camila Andrade – produção.

Grupo Compalhaçada (AM)

Os atores Ariane Feitoza, Idelson Mouta e Jean Linhares eram integrantes de um projeto realizado em Manaus, denominado Trupe da Alegria. A Trupe era administrada pela Cia de Teatro Metamorfose, que, por muito tempo incentivou o teatro de contação de histórias nos espaços públicos naquela cidade. Contudo, os atores faziam o pré-show dos contadores de histórias, um show de humor que tinha duração de uma hora. Pela desenvoltura dos palhaços Cafuxa, Debiloide e Meio Fino, desenvolveu-se uma sintonia entre os atores. Com o fim do projeto, essas apresentações deixaram de acontecer. Em 2009 a atriz Ariane Feitoza foi convidada a participar do 1° Festival Breves Cenas de Teatro em Manaus. Sem nenhuma esquete montada, convidou seus antigos parceiros para compor uma esquete de humor. Surgiu assim ‘Boxe com Palhaçada’. A esquete foi a campeã do Festival, o que proporcionou o intercâmbio ao Festival de Cenas Breves de Belo Horizonte (MG) e inspirou o grupo independente a se formar. Passaram então a ser os Compalhaçada. E em 2013, com o espetáculo já em um formato maior, fez do grupo o vencedor do 10° Festival de Teatro da Amazônia, na categoria infantil. E a atriz Ariane Feitoza foi vencedora do prêmio de melhor atriz pelo mesmo. Desde então o grupo se apresenta em diversos espaços públicos e privados da cidade de Manaus.

O Sesc Amazônia das Artes é uma mostra que estimula e difunde a cultura amazônica, com o objetivo de promover a circulação da produção cultural dessa região, formada pelos estados do Acre, Amapá, Amazonas, Maranhão, Mato Grosso, Pará, Rondônia, Roraima e Tocantins, tendo o Piauí como convidado, devido à sua proximidade geográfica e identificação sociocultural. Com uma programação extensa e variada que inclui música, cinema, teatro, dança, circo, literatura, artes visuais, e oficinas. Desde sua criação, a coordenação do projeto é alternada entre os Departamentos Regionais do Sesc nos estados participantes, Tocantins (2008 e 2018), Pará (2009 e 2019), Amapá (2010), Mato Grosso (2011), Acre (2012), Piauí (2013), Maranhão (2014), Roraima (2015), Amazonas (2016), e Rondônia (2017).

O quinto dia do Sesc Amazônia das Artes – ‘O Canto Harmônico das Artes’, no dia 10 de maio, será de circo com “Tempo de Brincar”, com a Trupe Açu (TO) às 16h do dia 10 de maio, na lanchonete do Centro de Atividades (502 Norte). A classificação é livre e a entrada é gratuita. E “Boxe com Palhaçada”, com o Grupo Compalhaçada (AM), às 20h no Teatro Sesc Palmas na mesma unidade. A classificação também é livre e a entrada é gratuita para o trabalhador do comércio e dependentes, e tem o valor de R$ 5,00 para o público em geral. Terá ainda Desenvolvimento de Experimentações: Conexão – ‘Cerrado Novo’, com Coletivo Cerrado Novo (TO) e ‘Minha Ancestralidade’, com Nega Lu (MT), das 14h às 18h no Núcleo de Música do Centro de Atividades. Toda a sua programação pode ser conferida no link http://bit.ly/sescamazonia2019. Informações pelos telefones (63) 3212-9954 e 3212-9949.

Serviço

Cultura – Sesc Amazônia das Artes 2019

Ação 1: circo com “Tempo de Brincar”, com a Trupe Açu (TO)

Data: 10 de maio

Horário: às 16h

Local: Hall da lanchonete do Centro de Atividades (502 Norte)

Entrada: gratuita

Classificação: livre

Ação 2: “Boxe com Palhaçada”, com o Grupo Compalhaçada (AM)

Data: 10 de maio

Horário: 20h

Local: Teatro Sesc Palmas (Centro de Atividades da 502 Norte)

Entrada: gratuita para o trabalhador do comércio e dependentes | R$ 5,00 (inteira) | R$ 2,50 (meia)

Classificação: livre

 

Ação 3: Desenvolvimento de Experimentações: Conexão – ‘Cerrado Novo’, com Coletivo Cerrado Novo (TO) e ‘Minha Ancestralidade’, com Nega Lu (MT)

Data: 10 de maio

Horário: das 14h às 18h

Local: Núcleo de Música do Centro de Atividades (502 Norte)