Search
terça-feira 17 julho 2018
  • :
  • :

Grupo Artpalco leva preservação ambiental com teatro para crianças de escolas públicas em Araguaína

Crianças e adolescentes de escolas públicas da rede estadual e municipal de Araguaína, no Norte do Estado, terão a oportunidade de aprender um pouco mais sobre preservação do meio ambiente com o espetáculo teatral “Geringonça”. As apresentações acontecem na próxima segunda-feira, 18, em quatro sessões (8 horas, 9h30, 14 horas e 15h30).

Esta é a terceira e última etapa do projeto “A Escola Vai ao Teatro” que vai alcançar mais de 2 mil crianças. O projeto é uma realização do Ministério da Cultura através da Lei de Incentivo a Cultura, com patrocínio do Grupo Nosso Lar, Supermercados Campelo e Novo Rio Veículos. Ao final do espetáculo, os estudantes participam de um bate-papo com os atores sobre a importância da preservação da água e todos ganham uma caneca do espetáculo afim de que diminuam o uso de copos descartáveis na escola.

Com texto e direção de Luiz de Lima Navarro, Geringonça conta a aventura de quatro palhaços que desejam ir ao mar, no caminho o carro quebra e eles decidem transformá-lo num barco a remo e continuar a viagem pelo rio. Mas para a surpresa de todos, o rio está poluído e assim não podem navegar, pois o terrível Agente Poluente, o vilão dessa história, fará o possível para que esta aventura não tenha êxito. Assim, entendem que só através da conscientização do ser humano no que diz respeito aos cuidados com os rios e com o meio ambiente em geral, será possível a realização dessa fantástica empreitada.

Etapas

A primeira etapa do projeto aconteceu em maio de 2017 e, desde então, um total de 20 apresentações já foram realizadas. Produtor do grupo Artpalco, George Henrique conta que o objetivo do projeto é trabalhar a arte do fazer teatral como ferramenta indispensável na construção da cidadania. “Além de cumprir a sua função social, o Artpalco espera sensibilizar outros empresários a apoiar iniciativas como essas e outros projetos que estão em vias de captação de recursos, além de possibilitar que este projeto tenha uma continuidade e possa fazer parte do calendário anual do Grupo”, considera.