Search
quarta-feira 18 outubro 2017
  • :
  • :

Cultura pra quem? Documentário: Encantes- Histórias de Laranjal do Maracá

Por Alba Maria Gomes Cobo – (aluna de Jornalismo – disciplina Jornalismo Cultural)

Falar sobre cultura e escrever respeito, pois a cultura vem de costume, que traz história, que traz povo, que traz vida. Cultura é semear em diferentes pastos fertilidade. O documentário de Cassandra Oliveira, Encantes -Histórias de Laranjal do Maracá, se passa no sul do Amapá, na comunidade citada, são três personagens principais, Seu Raimundão, Sabá e Dona Santinha. Povo rico no que melhor podem oferecer; cultura! Suas histórias envolvem arqueologia, religiosidade e folclore. Suas histórias enchem Laranjal do Maracá de vida.

Todo o documentário foi filmado com leveza, colocando as personagens em primeiro plano, demonstrando a importância do que estava sendo tratado. Falar do folclore que é tão presente em todas as culturas da forma simples e crente como eles falam reforçou ainda mais a fidelidade à história.

Encantes alterna as cenas entre as histórias de seus personagens, de modo que,  Seu Raimundão exala as memórias de ter trabalhado nas cavernas, ajudando na preservação da história dos antepassados locais. Sabá via com naturalidade objetos de valor histórico espalhados pela mata. Já Dona Santinha fala do “Buracão” e de todos os encantes e encantados da região.

O longa traz com naturalidade a relação material da comunidade com as cavernas ao entorno, que ainda guardam objetos arqueológicos e reproduzem as crenças folclóricas da região.  A obra foi exibida no Cine Sesc, Palmas, na ultima quinta-feira (11), dentro da programação do  Sesc Amazônia das Artes que, segue até o próximo dia 15 de maio e tem como cartão de entrada a acessibilidade em toda a programação, com preços que variam de R$2,00 À entrada gratuita. Participar é abraçar a Política Cultural.