Search
quinta-feira 19 outubro 2017
  • :
  • :

A relação de Hamilton de Holanda com o bandolim, em série exclusiva do Curta!

Fonte: Equipe Curta!.

No episódio desta semana da série exclusiva do Curta!, “As Canções da Minha Vida”, na Segunda da Música, 20, às 23h30, o instrumentista Hamilton de Holanda comenta sua relação que tem com o bandolim, instrumento que toca desde os cinco anos. Hamilton também revela sua admiração pelo “Carinhoso”, de Pixinguinha, uma das primeiras que aprendeu a tocar e que marcou uma cena curiosa que vive com o pai.

– Uma vez eu toquei em Brasília e o teatro estava cheio. Acho que era Dia dos Pais ou aniversário do meu pai. E ele estava na plateia. Eu estava com microfone sem fio, então eu desci do palco e fiquei tocando na frente dele. Foi uma comoção. Todo mundo chorou. Aí meu pai veio no meu ouvido e falou: “o microfone está baixo”. Você vê como é o pai da gente. Não estava nem aí que eu estava fazendo uma homenagem. Ele queria saber se estava dando tudo certo – contou o músico em declaração ao diretor de “As Canções da Minha Vida”, Bruno Levinson.

No episódio, além de “Carinhoso” do mestre Pixinguinha, Hamilton de Holanda faz interpretações de “Encontros e Despedidas” que ficou conhecida na voz de Milton Nascimento, “Adios Nonino”, de Astor Piazzolla, e a composição própria “Capricho de Santa Cecília”.

Com 13 episódios, a série “As Canções da Minha Vida” traça um panorama sobre as canções que marcaram e influenciaram o repertório de importantes nomes da música brasileira. Produzida pela Raccord Produções, com direção e roteiro de Bruno Levinson, a série  é financiada pelo Fundo Setorial do Audiovisual.

A matriz africana e seus desdobramentos na arte contemporânea brasileira são tema do episódio inédito da série “Estados da Arte”, que vai ao ar na Terça das Artes, 21, às 23h30. A produção traz Aderbal Ashogun, o artista-sacerdote que promove e defende a cultura afro-brasileira e a narrativa pictórica e poética do tráfico negreiro pelo olhar de Arjan Martins. Além de Aderbal e Atjan, também participam do episódio Tiago Sant´Ana, que apresenta o sincretismo no Recôncavo Baiano; Ronald Duarte, que propõe o encontro da arte com o ritual; Paulo Nazareth, artista-andarilho em busca da afirmação de uma identidade negra e latinoamericana; e Michelle Mattiuzzi, que expõe e problematiza seu corpo negro feminino.

Na Quarta de Cinema, 22, a faixa “A Vida é Curta!”, faz uma homenagem ao cineasta pernambucano Pedro Severien e exibe três curtas do realizador. Para começar, “Lojas de Répteis”, produção com os personagens Aluísio, que ama a loja e seus animais, e Cristina, que não vê a hora de vender o lugar. Na sequência, é a vez de “Carnaval Inesquecível”, curta-metragem que apresenta versões distorcidas de figuras típicas do carnaval, como bonecos gigantes monstruosos, frentistas que abastecem os próprios corpos com gasolina, cachoeiras de urina e foliões embriagados, entre outros personagens. Encerrando a faixa, “São” apresenta um homem que se torna agressivo com a namorada depois de ler uma carta de seu pai, que acaba de morrer.

Na Quinta do Pensamento, 23, às 21h30, a caleidoscópica produção cultural de um dos principais coletivos de arte do Rio de Janeiro dos anos 1970, o Nuvem Cigana, é destaque no Curta!. Com direção de Claudio Lobato, ex-integrante do grupo, e Paola Vieira, o documentário “As Incríveis Artimanhas da Nuvem Cigana” resgata a história do grupo formado por poetas, arquitetos, artistas visuais, músicos e jornalistas, que incluía, além de Lobato, nomes como Chacal, Dionísio de Oliveira, Cafi e Lúcia Lobo. “As Incríveis Artimanhas da Nuvem Cigana” é uma coprodução Diversão e Arte/Synapse, financiada pelo Fundo Setorial do Audiovisual (PRODAV 01/2013).

 

SEGUNDA DA MÚSICA

As Canções da Minha Vida (Série)
Gravada no ateliê do artista plástico Sérgio Marimba, “As Canções da Minha Vida” é uma série musical composta de 13 episódios que faz um grande painel da música brasileira. Vamos conhecer quais as músicas mais marcantes e que influenciaram artistas importantes, como: Maria Gadú, Geraldo Azevedo, Ana Cañas, Hamilton de Holanda, Leo Jaime e Odair José. Artistas brasileiros, com seus instrumentos, irão destrinchar sua trajetória artística através das músicas que os influenciaram, que serviram de inspiração e que o ajudaram a compor seu trabalho autoral. Uma grande homenagem à música brasileira feita por seus compositores e intérpretes.

Episódio inédito – Hamilton de Holanda

A relação com o bandolim, as inspirações musicais e marcantes interpretações de um dos maiores instrumentistas brasileiros em atividade: “Carinhoso” do mestre Pixinguinha, “Encontros e Despedidas” que ficou conhecida na voz de Milton Nascimento, “Adios Nonino”  do fera Astor Piazzolla e a sua “Capricho de Santa Cecília”.

Diretor: Bruno Levinson

Duração: 26 min.

Estreia: 20 de março, segunda-feira, às 23h30.

Classificação: Livre

Horários alternativos:

Dia 21 de fevereiro, terça-feira, às 3h30 e às 17h30;

Dia 22 de março, quarta-feira, às 11h30;

Dia 25 de março, sábado, 21h30.

PROMO – Duração 1’: https://www.youtube.com/watch?v=3H0GtWLaDOU

FOTOS EM ALTA: http://www.agenciafebre.com.br/canal-curta-semana-de-20-24-de-mar%C3%A7o

TERÇA DAS ARTES

Estados da Arte (Série) – Episódio inédito: Negro

A matriz africana e seus desdobramentos na arte contemporânea brasileira. Releituras, ressignificações e antropofagia. Aderbal Ashogun, o artista-sacerdote que promove e defende a cultura afro-brasileira. Arjan Martins e a narrativa pictórica e poética do tráfico negreiro. Tiago Sant´Ana apresenta o sincretismo no Recôncavo Baiano. Ronal Duarte propõe o encontro da arte com o ritual. Paulo Nazareth, artista-andarilho em busca da afirmação de uma identidade negra e latino americana. Michelle Mattiuzzi expõe e problematiza seu corpo negro feminino.

Diretor: Eduardo Goldenstein

Duração: 26 min

Estreia: 21 de março, terça-feira, às 23h30.

Classificação: Livre.

Horários alternativos:

Dia 22 de março, quarta-feira, às 3h30 e às 17h30;

Dia 23 de março, quinta-feira, às 11h30;

Dia 25 de março, sábado, às 21h.

FOTOS EM ALTA: http://www.agenciafebre.com.br/canal-curta-semana-de-20-24-de-mar%C3%A7o

QUARTA DE CINEMA

Faixa “A Vida é Curta!” faz uma homenagem ao cineasta pernambucano Pedro Severien

Essa semana, três curtas realizados pelo diretor Pedro Severien: “Lojas de Répteis”, “Carnaval Inesquecível” e “São”. “Loja de Répteis” apresenta duas personagens: Aluísio, que ama a loja e seus animais e Cristina, que não vê a hora de vender o lugar. A ficção “Carnaval Inesquecível” traz versões distorcidas de figuras típicas do carnaval, como Bonecos gigantes monstruosos, frentistas que abastecem os próprios corpos com gasolina, cachoeiras de urina, foliões embriagados, entre outros personagens. Encerrando a faixa, “São” apresenta um homem que se torna agressivo com a namorada depois de ler uma carta de seu pai, que acaba de morrer.

Exibição: 22 de março, quarta-feira, às 20h.

Classificação: Livre

Horários alternativos:

Dia 23 de março, quinta-feira, às 1h40 e às 15h40;

Dia 24 de março, sexta-feira, às 9h40;

Dia 25 de março, sábado, às 13h.

PROMO – Duração 1’: https://www.youtube.com/watch?v=NTnmHvrtRcA

FOTOS EM ALTA: http://www.agenciafebre.com.br/canal-curta-semana-de-20-24-de-mar%C3%A7o

Ex Isto (Filme)

Um filme livremente inspirado na obra Catatau, de Paulo Leminski. O poeta imaginou uma hipótese histórica: “e se René Descartes tivesse vindo ao Brasil com Maurício de Nassau?”. Interpretado por João Miguel, o personagem envereda-se pelos trópicos, selvagem e contemporâneo, sob o efeito de ervas alucinógenas, investigando questões da geometria e da ótica diante de um mundo absolutamente estranho.

Diretor: Cao Guimarães

Duração: 86 min

Exibição: 22 de março, quarta-feira, às 22h.

Classificação: 14 anos.

Horários alternativos:

Dia 23 de março, quinta-feira, às 2h e às 16h;

Dia 24 de março, sexta-feira, às 10h;

Dia 25 de março, sábado, às 10h15.

PROMO – Duração 1’: https://www.youtube.com/watch?v=eibX_VxJox8

FOTOS EM ALTA: http://www.agenciafebre.com.br/canal-curta-semana-de-20-24-de-mar%C3%A7o

QUINTA DO PENSAMENTO

As Incríveis Artimanhas da Nuvem Cigana (Documentário)

Através de colagens, materiais de arquivo e vários depoimentos, este é um retrato íntimo e um ensaio profundo e apaixonado que reconstitui a força artística e analisa a influência exercida na arte brasileira pela “Nuvem Cigana”, um coletivo de poetas cariocas que faziam parte do movimento conhecido como poesia marginal nos anos 70 e 80.

Diretores: Claudio Lobato e Paola Vieira

Duração: 80 min

Exibição: 23 de março, quinta-feira, às 21h30.

Classificação: Livre

Horários alternativos:

Dia 24 de março, sexta-feira, às 2h30 e às 16h30;

Dia 25 de março, sábado, às 22h30;

Dia 26 de março, domingo, às 10h30.

PROMO – Duração 1’: https://www.youtube.com/watch?v=vMAvdLptpTc

FOTOS EM ALTA: http://www.agenciafebre.com.br/canal-curta-semana-de-20-24-de-mar%C3%A7o

SEXTA DA SOCIEDADE

Mandela: Em Nome da Liberdade (Documentário)

Quem é o homem por trás da lenda? Nelson Mandela é um ícone. Um herói. Um símbolo. Uma inspiração. Poucos líderes mundiais podem ser responsabilizados por seu esforço verdadeiramente histórico. Uma vida politicamente excepcional em contraste com uma vida pessoal pontuada de tragédia e fracassos. “Mandela: em Nome da Liberdade” busca revelar o Nelson Mandela real.

Diretor: Joel Calmettes

Duração: 52 min

Exibição: 24 de março, sexta-feira, às 23h.

Classificação: Livre.

Horários alternativos:

Dia 25 de março, sábado, às 3h e às 12h;

Dia 26 de março, domingo, às 23h;

Dia 27 de março, segunda-feira, 17h.

PROMO – Duração 1’: https://www.youtube.com/watch?v=wFbRX3JeV90

FOTOS EM ALTA : http://www.agenciafebre.com.br/canal-curta-semana-de-20-24-de-mar%C3%A7o

Sobre o Curta!

Dedicado às artes, cultura e humanidades, o Curta! é um canal independente que acolhe a experimentação e se orgulha de ser um parceiro dos realizadores, artistas, criadores e produtores independentes. Com o compromisso de transmitir 12 horas por dia de programação nacional independente, os principais segmentos temáticos da programação são música, dança, teatro, artes visuais, meta-cinema, filosofia, literatura, história-política e sociedade.

O Curta! pode ser visto nos canais 56 da NET, 56 na Claro TV, 76 na Oi TV, na GVT e Vivo como canal opcional à la Carte, 132 e 664, respectivamente. Siga as redes do canal nos endereços: www.facebook.com/CanalCurta, twitter.com/CanalCurta ewww.youtube.com/user/canalcurta.
Saiba mais em http://www.canalcurta.tv.br.

Para mais informações entre em contato
No Rio: Cíntia Brand:: cintia.brand@agenciafebre.com.br 21 2555-8921

Katia Carneiro:: katia.carneiro@agenciafebre.com.br 21 2555-8918

Ou curta@agenciafebre.com.br 21 2555-8900

Siga-nos no Twitter @agfebre e no facebook.com/agfebre