Search
quarta-feira 25 abril 2018
  • :
  • :

Inclua os vencedores do prêmio Jabuti 2015, na sua lista de leitura 2016

O ano acabou e com ela virá as metas para o próximo ano. As minhas incluem metas de leitura, claro. Este ano fiquei devendo. Não consegui terminar o “Desafio Livrada 2015”, nem os outros tantos desafios de leitura que fiz. Para o próximo ano, minha meta é não participar de tantas metas de leitura, como neste ano.

Mas, para você que não sabe qual será seu desafio de leitura para o ano de 2016, que tal conhecer os vencedores do prêmio Jabuti 2015, e incluir eles na sua lista? A premiação aconteceu no dia 3 de dezembro.

Temos excelentes nomes e diversas categorias para os mais variado gostos. Logo, o TOCult trará um especial sobre os autores vencedores, enquanto isso, veja abaixo a lista dos vencedores nas principais categorias.

Aqui você confere os nomes de todos os vencedores.

 

ROMANCE

1º lugar: “Quarenta Dias”, Maria Valéria Rezende (Objetiva)

2º lugar: “Caderno de um Corpo Ausente”, João Anzanello Carrascoza (Cosac Naify)

3º lugar: “Os Piores Dias de Minha Vida Foram Todos”, Evandro Affonso Ferreira (Record)

CONTOS E CRÔNICAS

1º lugar: “Sem Vista para o Mar – Contos de Fuga”, Carol Rodrigues (Edith)

2º lugar: “Dez Centímetros Acima do Chão”, Flavio Cafiero (Cosac Naify)

3º lugar: “Olhos D’água”, Conceição Evaristo (Pallas Editora)

 

POESIA

1º lugar: “Corpo de Festim”, Alexandre Guarnieri (Confraria do Vento)

2º lugar: “Clio”, Marco Lucchesi (Globo Livros)

3º lugar: “A Comedia de Alissia Bloom”, Manoel Herzog (Patuá)

REPORTAGEM E DOCUMENTÁRIO

1º lugar: “A Casa da Vovó – Uma Biografia do Doi-Codi (1969-1991), o Centro de Sequestro,

Tortura e Morte da Ditadura Militar”, Marcelo Godoy (Alameda Casa Editorial)

2º lugar: “1964 Na Visão do Ministro do Trabalho de João Goulart”, Almino Affonso (Imprensa Oficial do Estado e Fundap)

3º lugar: “Brado Retumbante”, Paulo Markun (Benvirá)

BIOGRAFIA

1º lugar: “Luís Carlos Prestes – Um Revolucionário entre Dois Mundos”, Daniel Aarão Reis (Companhia das Letras)

2º lugar: “Nise da Silveira: Caminhos de Uma Psiquiatra Rebelde”, Luiz Carlos Mello (Automática Edições – Hólos)

3º lugar: “Francisco Julião – Uma Biografia”, Cláudio Aguiar (José Olympio)

INFANTIL

1º lugar: “A História Verdadeira do Sapo Luiz”, Luiz Ruffato (DSOP)

2º lugar: “A Roupa Nova do Arco-da-velha”, Flávia Savary (Cidade Nova)

3º lugar: “A Raiva”, Blandina Franco (Zahar)

JUVENIL

1º lugar: “A Linha Negra”, Mario Teixeira (Scipione)

2º lugar: “Os Olhos Cegos dos Cavalos Loucos”, Ignácio de Loyola Brandão (Moderna)

3º lugar: “Memórias Quase Póstumas de Machado de Assis”, Álvaro Cardoso Gomes (FTD)

TRADUÇÃO

1º lugar: “Spinoza Obra Completa – Vols. 1 a 4”, J. Guinsburg, Newton Cunha e Roberto Romano (Perspectiva)

2º lugar: “Vida e Destino”, Irineu Franco Perpetuo (Objetiva) / “As Aventuras do Bom Soldado Svejk”, Luís Carlos Cabral (Objetiva)

3º lugar: “O Mundo como Vontade e Representação, tomo II: Complementos Livros III- IV, Volume 2”, Eduardo Ribeiro da Fonseca (UFPR)

ADAPTAÇÃO

1º lugar: “Kaputt”, Guazzelli (WMF Martins Fontes)

2º lugar: “Grande Sertão: Veredas – Graphic Novel”, Guazzelli e Rodrigo Rosa (Biblioteca Azul/Globo)

3º lugar: “O Guarani em Cordel”, Klévisson Viana (Amarylis)

ILUSTRAÇÃO

1º lugar: “Claudius”, Claudius Ceccon (SESI-SP)

2º lugar: “Lobisomem sem Barba, de Wagner Willian (Balão Editorial)

3º lugar: Labirinto, de Alex Cerveny (Neotropica)