Search
quarta-feira 22 novembro 2017
  • :
  • :

Sarau Infantil Aperitivos – Jubalina Produções

Acordei-me cedo no domingo após passar tarde e noite de sábado no Salão do Livro cobrindo eventos para prestigiar o espetáculo Sarau Infantil Aperitivos que contou com Thiago Ramos (vocal e performance) e Ulisses Cândido (violão). O espetáculo foi produzido pela Jubalina Produções.
Cobrir atrações infantis neste Salão do Livro foi corriqueiro, acredito que pela magia do espaço, pela boa energia e pela climatização.
Tive a oportunidades de verificar belos trabalhos e com O Sarau Infantil Aperitivos não foi diferente. Uma apresentação artística voltada para o público infantil, com música, contação de estórias, teatro de bonecos, pintura e, principalmente, interatividade. Muita interatividade!
Foi muito bonito ver as crianças reproduzir nos papeis, sentadas ao chão a história que Thiago contava. Era nítida a felicidade e interação dos pequenos. Mérito para a excelente ideia de unir um espetáculo inteligente e mais estético com a interatividade, trazendo assim qualidade ao todo.
Neste quesito ei de render elogios ao Thiago, extremamente talentoso na contação de estórias, na manipulação de bonecos, no canto e principalmente na animação. Se entregou totalmente ao propósito e isso é muito bonito de se ver.
O espetáculo foi realizado pela primeira vez no Salão do Livro 2015, em única apresentação na manhã do domingo, 27. Merecia outras apresentações, com certeza!
No entanto, para a alegria de quem gosta da boa arte a produção deixa claro: “este espetáculo poderá se realizar diversas vezes daqui pra frente, incluindo estas e outras atividades, como produção de fanzines, quadrinhos, poesias e danças”.
Segundo Thiago Ramos: “A ideia é poder levar esse Sarau como opção permanente para o público infantil e infanto-juvenil por percebermos que existem muitos poucos produtos para esses nichos atualmente. As crianças estão meio que ficando sem referenciais, e são uma parcela importantíssima, primordial, que deve ser tratada com muito carinho, cuidado e respeito. Eles não são o público de amanhã, como muita gente costuma dizer, eles já são um público, bastante específico eu diria, que necessita travar contato com trabalhos de grande qualidade. Dentro dessa vivência estética eles acabam percebendo empiricamente, por meio da experiência, que podem mais, que podem exigir mais, que o mundo tem muito mais opções artísticas a oferecer”.
Como virão outros espetáculos por aí, nós do TOcult solicitamos a Jubalina que nos envie agenda para divulgação de suas produções.

Parabéns ao talentoso Thiago Ramos! Parabéns ao igualmente talentoso Ulisses Cândido! E, por último e tão importante quanto parabéns Jubalina Produções!