Maria Rita –

Formada em Comunicação Social e Estudos Latino-americanos nos EUA. Mesmo resistindo durante anos à pressão de ser cantora, já que é filha de ninguém mais que Elis Regina e César Camargo Mariano, aos 24 anos ela inicia sua carreira.

Apadrinhada por Milton Nascimento o sucesso foi tão grande que mesmo sem ter ainda gravado o primeiro CD ela ganhou o Prêmio APCA – Associação Paulista de Críticos de Arte de 2002 como Revelação do Ano.
Em Setembro de 2003 lança seu primeiro disco “Maria Rita”, onde vendeu mais de 1 milhão de cópias em todo o mundo e na sequência o DVD com o mesmo título que chegou à marca de 180 mil cópias. Tudo isso em um momento que o Brasil passava pela crise da pirataria.
As músicas trabalhadas desse primeiro Cd são “Cara Valente”, “Encontros e Despedidadas” que foi tema da novela da Globo Senhora do Destino , “A Festa” e “Menininha do Portão” e em 2004 conquista vários prêmios como o Grammy Latino nas categorias: Revelação do ano, Melhor Album de MPB e melhor Canção em Português: “A festa”; o Prêmio Faz a Diferença do Jornal “O Globo”; o troféu da categoria Melhor Cantora do Prêmio Multishow e os Prêmios da Tim nas categorias Revelação e Escolha do Publico.
Em 2 de Julho de 2004 nasce o primeiro filho Antônio, fruto do seu relacionamento com o diretor de cinema Marcus Baldini.
Em 2005 tem um breve affair com o Cantor Marcelo Falcão do grupo O Rappa, com quem faz participação especial no CD da Banda. Nesse mesmo ano grava o CD “Segundo”, onde o carro chefe é “Caminho das águas” que vem seguido de uma novidade no mercado brasileiro que é a venda digital, onde se podia fazer o download da música.
Esse novo CD teve uma extensa turnê e conquistou mais 2 Grammys Latinos: Melhor álbum de MPB e Melhor canção brasileira com “Caminho das Águas”.
Em 2007 lança o CD “Samba Meu” simultaneamente em EUA, América Latina, México, Portugal, Israel e Reino Unido. A música de trabalho é “Ta Perdoado” de Arlindo Cruz, que assina outras canções do álbum. Em 2008 lança o DVD “Samba Meu” filmado ao vivo no Rio de Janeiro. Ganha pela ABPD – Associação Brasileira dos Produtores de Discos o disco de Platina  e o prêmio de “Melhor CD” no 15º Prêmio Multishow de Musica Brasileira. Em novembro ainda ganha o 6º Grammy Latino como “Melhor Álbum de Samba” e em Dezembro o DVD de Ouro pelas 40 mil cópias vendidas.
Em Setembro de 2011, lança pela Warner o CD “Elo” que era na realidade um projeto que ela montou sem nome para uma mini-temporada na Europa, mas que deu tão certo que os fãs começaram a pedir que fosse registrado em um álbum. Este foi lançado em CD e vinil.
Seguido desse trabalho, Maria Rita começou a pensar em um show em homenagem a mãe Elis Regina, para um projeto da Nivea chamado Nivea Viva Elis. A principio seriam somente 5 apresentações gratuitas pelo Brasil, mas o projeto deu tão certo que MR decidiu rebatizar como nome de “Redescobrir” e sair em turnê oficial pelo país, em seguida gravando em CD, DVD e Blue-Ray com o selo Universal.
Em 10 de Dezembro de 2012, MR tem seu segundo filho fruto do relacionamento com Davi Moreaes, uma graciosa menina chamada Alice.
Em 2013 o álbum Redescobrir ganho o Grammy Latino na categoria Melhor Album de Musica Popular Brasileira.
Em 2014 lança seu 6º álbum, “Coração a Batucar”, produzido por ela mesma com arranjos de Jota Moraes e composições de Noca da Portela, Arlindo Cruz, Xande de Pilares, Joyce e Almir Guineto. Já ganhou o Grammy Latino como melhor álbum de 2014 e um disco de ouro, além da turnê pelo Brasil, Europa, América Latina e EUA.
Em Outubro de 2014, MR junto com a Universal Music e o Instituto GVT, lançam uma Edição Especial do show contendo um CD e um DVD com o registro de um show intimista, realizado no estúdio Na Cena em São Paulo, intitulado “Coração a Batucar Edição Especial”. O DVD inclui músicas do CD “Coração a Batucar” como “Rumo Ao Infinito” e “É Corpo, É Alma, É Religião”, além de um making of e uma versão inédita da música “Bola Pra Frente”, com participação da Orquestra Rumpilezzinho da Bahia.